Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Pesquisar este blog

17 de maio de 2019

Aconteceu ontem, 16, mais uma sessão ordinária da Câmara Municipal de Areia Branca, realizada a partir das 19h, nas dependências da Escola Municipal Santo Expedito, na comunidade de Redonda, em cumprimento ao programa Câmara Itinerante.
Na reunião de ontem em Redonda, compareceram todos os 11 vereadores que além da pauta normal da Casa, debateram e reivindicaram benefícios para a comunidade.
Como faz em todas as reunião ordinária da casa nas comunidades o presidente da casa Duarte Junior abril espaço para os moradores da comunidade fazer uso da palavra, o primeiro a falara foi o senhor Antônio Marcos da silva, mais conhecido como colorau que em poucas palavra agradeceu a presença da câmara na comunidade e convocou os presente a fazeres suas reivindicações.
O segundo morador a falar foi o senhor Antônio  Josicle que falou da situação de falta de emprego para os moradores das comunidades rurais..
Assunto reivindicado pelo vereador Alderi Batista de Souza (MDB), foi a necessidade de um estudo para conter as dunas que invade a comunidade que segundo o vereador esta já é terceira vez que esta invasão acontece na redonda onde nas duas  primeira vez a comunidade foi coberta pela areia e poderá ser coberta novamente  se uma providencia não for tomada.
A sessão aconteceu dentro da normalidade e os vereadores presente fizeram uso da palavra, o presidente da casa finalizou agradecendo aos colegas, funcionários, colaboradores da imprensa e população presente.  




15 de maio de 2019

O dia do evangélico na noite de domingo foi comemorada com uma grande festa para os evangélicos do município de Serra do Mel, a praça Cortez Pereira ficou completamente lotada.
As igrejas locais se juntaram e fizeram uma bonita festa proclamando o Evangelho de JESUS CRISTO, o único dono de toda Honra e toda Glória.
O pregador ALICKISON CARLOS (Natal) levou a Palavra de Deus e em seguida a cantora RAYANNE VANESSA (Pernambuco) louvou ao Senhor com os seus hinos de adoração.
Esteve presente alguns vereadores do município, o prefeito Josivan Bibiano e a secretária de educação, esporte e lazer Milane Azevedo.
No encerramento o Pastor João de Deus agradeceu ao prefeito Bibiano pelo apoio dado aos evangélicos.
Em seu discurso, Bibiano deixou firmado que o próximo ano será melhor ainda, e declarou que sua gestão é parceira das igrejas. 
O dia do evangélico em Serra do Mel  já faz parte da programação de aniversario da cidade e o prefeito tem o compromisso de junto aos evangélicos daquela cidade fazer uma grande festa em praça para comemora o dia de um povo que são responsável pelo o maior programa de ação social que se pode realiza em uma cidade, a pregação do evangelho, pois é a verdadeira ação que transforma vida.



A Roboeduc, marca potiguar especializada em serviços de ensino de programação e robótica, está participando da edição 2019 da Beet Educar, considerada a maior feira de educação da América Latina. O evento acontece no período de 14 a 17 de maio, na Transamérica Expo Center, em São Paulo (SP).
No estande da Roboeduc, muitas novidades. A empresa potiguar realiza o lançamento nacional dos novos módulos (05 ao 08) do Roboeduc Inbox, primeiro sistema EaD de robótica do país. O produto possibilita que os resultados da aprendizagem de robótica sejam aproveitados por comunidade escolar ou pelas famílias de forma mais acessível. Outra novidade no estande é o robô Beezy, que leva a robótica emotiva para dentro da sala de aula, interagindo com as crianças, reconhecendo e demonstrando sentimentos. O robô também ensina programação e robótica por meio da contação de histórias interativas.
Promover o encontro de práticas, tecnologias e pessoas que colaborem na transformação da educação é o principal objetivo da Beet Educar. Desta forma, a feira tem identificação direta com o que a Roboeduc busca. “Essa feira tem o ambiente ideal para ampliarmos a divulgação do que temos feito na nossa escola de programação e robótica no Rio Grande do Norte. Os primeiros módulos do Inbox são um sucesso e, agora, damos continuidade a este projeto com o lançamento nacional dos novos kits. Lançamos também o robô Beezy, que será sem dúvidas um outro sucesso da nossa marca”, conta Cássio Leandro Rodrigues, diretor executivo da Roboeduc, que revelou ainda que a empresa está em negociações, firmando parcerias para expansão do Roboeduc Inbox para a África e Chile.

“A cultura tem que ser encarada como um segmento importante para a geração de renda, pois é responsável por 4,5% do PIB nacional”, declarou a governadora Fátima Bezerra ao participar da abertura do Seminário Motores do Desenvolvimento, que nesta 37ª Edição trouxe para o debate o tema “Arte e Cultura como instrumentos de desenvolvimento econômico”. O evento foi realizado nesta terça-feira (14), no Hotel Escola Barreira Roxa. Danilo Santos de Miranda, diretor do Departamento Regional do Sesc São Paulo, a cantora Zélia Duncan e o presidente da Academia Norte-rio-grandense de Letras, Diógenes da Cunha Lima, foram os palestrantes.
Por considerar que os investimentos em Educação contribuem consideravelmente para a formação de artistas e de plateias, a governadora, em sua fala, conclamou a classe empresarial para a luta contra o bloqueio das verbas para as universidades e institutos federais. Ela também fez questão de destacar o trabalho que Danilo Miranda desempenha na gestão do Sesc de São Paulo e a atuação da cantora Zélia Duncan na defesa da arte e da cultura dentro da cadeia produtiva. “Além da bela voz, você tem cumprido esse papel muito bem”, elogiou.
Fátima informou que mesmo em meio à situação de calamidade financeira na qual o estado se encontra, assinou recentemente um decreto autorizando a destinação de R$ 3 milhões, por meio de renúncia fiscal, para a Lei de Incentivo à Cultura Câmara Cascudo. “Que por acaso eu tive o prazer de ter sido uma das propositoras quando fui deputada estadual”, lembrou. Além disso, o Governo em breve estará atendendo ao anseio da classe artística e dos produtores culturais com a criação do Fundo Estadual de Cultura (FEC) para o qual serão destinados outros R$ 3 milhões.
“A Fundação José Augusto é quem vai determinar como os recursos do Fundo serão utilizados, mas já adianto que serão destinados para pequenos projetos e de pouca viabilidade comercial. Também pretendemos implantar a linha de micro crédito pró-cultura no valor de R$ 8 milhões, através da AGN [Agência de Fomento do RN]”, adiantou.
A necessidade de transversalidade no tocante às ações para estimular o turismo foram citadas pela governadora como salutares para o desenvolvimento econômico do Estado. “Temos esse atrativo de beleza paisagística imensurável, mas que não é suficiente. Precisamos agregar o valor cultural, afinal, estamos na terra de Luís da Câmara Cascudo”, disparou. Ela se referiu aos equipamentos culturais, entregues a essa gestão em situação de calamidade, como o Teatro Alberto Maranhão (fechado para obras), a Biblioteca Câmara Cascudo (obra entregue sem ter sido concluída), Fortaleza dos Reis Magos (em reforma), entre outros.
“Tenho cobrado uma força-tarefa para que a gente consiga os recursos necessários para entregar essas obras à sociedade o quanto antes. Estamos extremamente empenhados em destravar o que precisa ser destravado, pois acreditamos que cultura é algo muito importante e não podemos negligenciar. Não podemos nunca perder a esperança, a fé e a nossa capacidade de trabalhar por um RN, por um Nordeste, por um Brasil melhor”, concluiu.
CULTURA ENQUANTO NEGÓCIO
Danilo Miranda fez questão de destacar que o Sesc não tem a “menor pretensão de fazer o super artista ou o super atleta”. E lembrou que Pelé, quando garoto, jogou no Sesc Bauru, “mas ele se tornou um dos maiores atletas brasileiros por ele mesmo. O que eu digo sobre a cultura é também válido para o esporte e vice-versa. O Sesc não fez ou faz, mas abre caminho. É como uma porta que se abre”, comparou.
Sobre isso, Zélia Duncan brincou que o significado do “S” no Sistema S seria de “salvação, pois quando não temos mais para onde olhar, o Sesc nos dá as mãos, nos dá uma oportunidade. Eu e meus colegas pensamos assim. E digo por mim mesma. Quando minha carreira despontou, eu já trabalhava fazia mais de dez anos tocando em barzinho, mas foi numa apresentação no Sesc que eu me senti uma artista pronta”.
O presidente da Fecomércio (Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do RN), Marcelo Queiroz, falou da importância dos projetos geridos pelo Sistema S, que envolve o Sesc (Serviço Social do Comércio) e citou a Orquestra de Cordas como um pequeno recorte em meio a tantas outras iniciativas. “Este está longe de ser nosso único projeto cultural. Nos últimos cinco anos, investimos mais de R$ 15 milhões e atingimos 1,5 milhão de pessoas. A cultura deve ser vista definitivamente como um instrumento fomentador da economia. Um bom exemplo disso é o carnaval em Natal”, destacou.
Logo no início do evento, o público – composto em sua maioria por artistas, produtores culturais e empresários – foi presenteado com a apresentação da Orquestra de Cordas do projeto Sesc Cidadão, sob a regência do maestro Eugênio Graça, que beneficia cerca de 120 crianças e adolescentes em Natal e Caicó. “Que bom começar o dia ouvindo essa orquestra, muito boa! Meus sinceros parabéns aos jovens músicos, ao maestro, e também aos organizadores por terem pautado a agenda da cultura para esse evento”, disse Fátima.
O seminário contou com a presença do prefeito de Natal, Álvaro Dias, da reitora da UFRN, Ângela Paiva, do 1º vice-presidente da Fiern, Pedro Terceiro de Melo, do presidente da Fundação Cultural Capitania das Artes (Funcarte), Dácio Galvão, da presidente da Agência de Fomento do RN, Márcia Maia, dos secretários de Estado, Aldemir Freire (Planejamento e Finanças) e Jaime Caldo (Desenvolvimento econômico) e do presidente da Fundação José Augusto, Crispiniano Neto, dentre outros participantes.
Promovido pelo jornal Tribuna do Norte, em parceria com a Federação das Indústrias do Rio Grande do Norte (Fiern) e Sistema Fecomércio, o evento teve o apoio do Governo do RN, da Prefeitura do Natal e do Ministério Público Estadual (MPE).

Fotos: Elisa Elsie.


14 de maio de 2019

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) concedeu nesta terça-feira, 14, liberdade ao ex-presidente Michel Temer, preso desde a quinta-feira em São Paulo.
A prisão será substituída por outras medidas cautelares, como o bloqueio de bens, o impedimento de viagens ou mudança de endereço e proibição de manter contato com outros investigados que não sejam da família.
Na mesma decisão também foi concedida a liberdade ao coronel reformado da PM João Baptista Lima Filho, amigo de Temer.
A decisão foi tomada por unanimidade pela Sexta Turma do STJ em caráter liminar, mas os habeas corpus do presidente e do coronel ainda serão analisados pela Sexta Turma em outra oportunidade.
O entendimento dos ministros foi de que, apesar da gravidade dos crimes imputados aos réus, não há no caso elementos que justifiquem a manutenção de uma prisão preventiva (antes da condenação) - como o perigo iminente de repetição do mesmo crime ou ameaça de obstrução da investigação.
Temer foi preso preventivamente no contexto da investigação do Ministério Público Federal (MPF) sobre desvio de dinheiro da construção da usina nuclear de Angra 3. Segundo o MPF, uma empresa do coronel Lima, a Argeplan, que participou do consórcio vencedor da licitação, teria repassado valores a Temer.
O ex-presidente é acusado de corrupção, peculato e lavagem de dinheiro, mas ainda não foi julgado nem em primeira instância. Sua defesa nega que ele tenha cometido os crimes.
A argumentação do MPF para pedir prisão preventiva é de que Temer continua a perpetrar crimes, como ocultação de bens, e de havia intenção tanto dele quanto do coronel Lima "de ocultar o crime e destruir provas".
O entendimento do STJ é de que não há provas suficientes desses fatos nem indícios de que Temer e Lima possam prejudicar as investigaçõs, e que os investigados não podem ser privados de liberdade para a "conveniência da investigação".
'Meras conjecturas'
O ministro relator Antônio Saldanha disse que não há nenhuma justificativa para que a prisão preventiva seja a melhor medida a ser tomada no caso. "Há de se exigir assim que o decreto de prisão preventiva venha sempre motivado e não fundado em meras conjecturas", disse em seu voto.
Ele defendeu que a detenção cautelar do ex-presidente não é necessária pois os crimes de que é acusado eram intimamente ligados a seu cargo público e "seu afastamento das atividades do órgão público" já assegura que ele não reincidirá.
Saldanha disse que para justificar a prisão preventiva são necessários ainda prova de existência do crime e indício suficiente de autoria. Segundo ele, declarações de delatores não podem ser consideradas, sozinhas, provas ou indício de autoria, portanto, não há como manter a prisão preventiva.
Os ministros Laurita Vaz e Rogério Schietti acompanharam o voto do relator. Ainda falta o voto de um ministro, mas Temer e Lima já têm votos suficientes para deixar a prisão. A Sexta Turma do STJ é composta de cinco ministros, mas Sebastião Reis Junior se declarou impedido de participar do julgamento.
O ministro Schietti afirmou que a soltura de Temer durante o processo não significa liberação de seu vínculo ao processo e "muito menos representa atestado de inocência".
"Como qualquer outro cidadão acusado de um crime, deverá submeter-se ao processo criminal e sob o devido processo penal será julgado oportunidade", disse o ministro.
Temer deve deixar as instalações do Batalhão de Policiamento de Choque da Polícia Militar de São Paulo, onde está preso, ainda nesta terça-feira. Ele e o coronel Lima ficarão soltos ao menos até a Sexta Turma julgar definitivamente o habeas corpus – ainda não há data definida para isso.
Fonte: BBC NEWS BRASIL


O embargo das barracas de Ponto do Mel e São Cristóvão e Porto do Mangue pelo o SPU tem trazido uma preocupação a todas as autoridades políticas dos dois municípios    com os impactos sócio-econômicos que o mesmo pode trazer para a região. Baseados em tudo isto o deputado Souza está propondo uma audiência pública para discussão dessa problemática. Que esta marcada para o próximo dia 20 de maio as 15:00 horas na câmara municipal de Areia Branca RN.

Dando continuidade à luta em prol dos barraqueiros das praias de ponta do Mel  e São Cristóvão na manhã de segunda-feira, 13, houve mais uma reunião na Câmara Municipal de Areia Branca, para tratar dos encaminhamentos jurídicos sobre o embargo das barracas instaladas na orla marítima de São Cristóvão e Ponta do Mel, pela Superintendência do Patrimônio da União (SPU).

A reunião foi conduzida pelo presidente da Câmara, Duarte Júnior (Podemos), contando com a participação dos demais vereadores com assento na Casa, assessores jurídicos do Executivo e do Legislativo, bem como uma representação dos proprietários de barracas das praias de São Cristóvão e de Ponta do Mel.
O presidente Duarte Júnior explicou que o encontro desta segunda-feira foi uma continuidade da reunião anterior realizada na Casa, com a presença da prefeita Iraneide Rebouças (PSD). Ele adiantou que os dois poderes estão engajados na luta por uma melhor solução para o caso.
Encontro foi realizado na sala de reuniões da Câmara 
Conforme o presidente Duarte Júnior, a questão é delicada pois envolve muitos pais de famílias estabelecidos há anos na orla marítima das duas comunidades e que dali tiram o sustento diário. “Repassamos para os comerciantes e estamos reafirmando que tudo que for possível da nossa parte e da parte da prefeita Iraneide, está sendo feito para uma saída satisfatória. Estamos acompanhando de perto o trabalho de análise da questão pelos nossos advogados”, disse.
Concluindo, Duarte Júnior afirmou que as reuniões com a representação da Câmara Municipal, a prefeita Iraneide e os comerciantes vão continuar, pois o objetivo é trabalhar para garantir que as barracas continuem onde estão. “Por isso, o trabalho em conjunto Prefeitura e Câmara para que se obtenha soluções favoráveis aos proprietários de barracas”, finalizou.
Fotos: Divulgação/Presidência 
Fonte: costa Branca News

-

-

NOTÍCIA CRISTÃ

Tecnologia do Blogger.

Postagens populares

Arquivo